Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

Eu e tu pelo mundo. Vamos?

Não quero mais.

Não quero mais viver na incerteza.

Não quero mais temer pelas palavras.

Não quero mais estar pendente de uma resposta, uma noticia, um resultado... de algo.

Estou cansada.

Estou cansada de suportar medos, inseguranças, ansiedades e stresses. 

Estou cansada de respostas negativas. 

Estou carente de "sim's". 

Estou carente de certezas, positivismo, segurança e conforto. 

Preciso de espaço e tempo. Preciso do que tenho e não quero. Preciso de menos espaço, preciso de menos tempo. Preciso de segurança. 
Preciso de descansar. Repor energias. Reencontrar-me. Descansar de mim, do mundo, da sociedade. Descansar sentindo-me segura. Preciso de descansar no teu peito, nos teus braços. Preciso de derramar lágrimas no teu ombro amigo, preciso das tuas palavras reconfortantes, preciso de tempo contigo. Preciso de ti comigo. 
Preciso de fugir. Fugir contigo. 
Somente eu e tu a fugir pelo mundo a viver a vida sem duvidas e rotinas. 

Se vens com pressa, saísses mais cedo de casa

Conheci esta frase há poucos dias, mas não poderia estar mais de acordo. Juro que sim!

Quantas vezes saímos de casa cheios de pressa, saindo na hora em que já deveríamos estar no local desejado?

Seria de se esperar de uma pessoa responsável, que acordasse cedo (às horas estipuladas no dia anterior, marcadas previamente no despertador), conseguisse tomar um banho descansada, vestir a roupa, escolhida no dia anterior e estrategicamente colocada para ser mais facilmente pega-la, tomasse um bom pequeno-almoço e conseguisse sair de casa com bastante tempo para chegar ao seu local de trabalho, conseguindo apreciar todas as paisagens ao longo do caminho.

Mas eu não sou, de todo, uma pessoa responsável. Isso ou a minha capacidade para cumprir horários (o que, basicamente dá no mesmo) não é, absolutamente, nada invejável.

Eu já tentei, mas por mais que o despertador seja adiantado e que em vez de uma hora eu me levante duas horas antes, não consigo chegar no horário que deveria. Ou seja, vou sempre com pressa. E depois do despertador tocar inúmeras vezes, eu adormeço novamente depois de o desligar. E acordo depois, novamente atrasada e tenho de fazer tudo às pressas. Correr para todo o lado, para tentar cumprir o horário. E por mais que tente, no dia seguinte acontece tudo de novo!!

Existe um ditado popular relativamente conhecido que diz, “A pressa é inimiga da perfeição”. Ou seja, as coisas têm de ser feitas com calma para que possam ser impecavelmente realizadas. Mas nem este velho conhecimento popular eu consigo interiorizar. A única conclusão a que chego é que com certeza existe alguma espécie de síndrome de que sofro, síndrome da pressa talvez, porque eu não consigo fazer nada (que implique horários e prazos), que não seja com pressa.

SNDROM~1 - Cópia.JPG

 

“Se vens com pressa, saísses mais cedo de casa”

Mas eu bem tento!! Todos os dias!

 

Alguém como eu? Serei a única a sofrer deste mal?

 

Cudgi <3

 

 

Prendas de Natal dão que pensar!

Encontrei pela net um post que fala sobre a nossa posição relativamente ás prendas e qual foi a minha reação " Finalmente!"
Finalmente alguém concorda comigo! Finalmente alguém percebe que dar é mais importante que receber! Só pelo facto de se pensar na pessoa! No que lhe dar! E deixar de lado os cartões prenda, o dinheiro ou mesmo o perguntar "o que queres?".

Onde andam os pensamentos das pessoas?! Pensem vocês! Não é preciso muito dinheiro, talvez algum tempo e dedicação, nem que seja só a pensar! Mas sem isso, o natal fica absolutamente consumista porque afinal de contas nem chegamos a pensar nas pessoas queridas e próximas que temos!

Deixo-vos aqui o post: http://halobonocais.blogs.sapo.pt/dinheiro-nao-e-prenda-e-mata-o-40627 

Nono <3