Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

Esperança

 

 (Imagem retirada da internet)

 

A esperança de melhores dias me corrói a alma e devasta o meu coração.

A esperança de uma sociedade digna, sem preconceitos, sem estereótipos, onde cada um pode ser o sente que é.

A esperança numa só pessoa, para que aprenda, todos os dias, a ser um pouco melhor que no dia anterior.

A esperança no dia de amanhã, no sol que se abrirá radiante e que as nuvens sejam um enfeite secundário.

A esperança de crescer todos os dias, com diversas pessoas e vários acontecimentos.

A esperança de um mundo perfeito que só nas minhas mais profundas fantasias parece real.

Permanece em mim, todos os dias esperança. Esperança em mim, esperança no outro, esperança de poder fazer, esperança de que aconteça.

Vivo esperançosa numa vida digna, numa sociedade melhor.

Carrego a esperança de melhoria e a sensação de que a esperança não é a última a morrer, mas a única imortal.

 

Cudgi <3

Amarras da desilusão

Nunca fui uma menina de muitos sonhos. Nunca fui pessoa de muitos desejos.

Acho que nunca quis tanto uma coisa a ponto de fazer mil e uma coisas (trinta por uma linha) para a conseguir.

Falta de ambição? Falta de personalidade? Apenas confusão? Ou vida facilitada?

Faço a minha vida e a minha jornada em pequenas metas. Pequenas metas que me ajudam a conseguir o objetivo final, na intenção de não esperar demais e não conseguir fazê-lo.

Não tenho um grande sonho ou um grande desejo que sei que farei de tudo para o conseguir, não defino um enorme sonho como objetivo final. Por quê?

Porque tenho medo da desilusão.

Fugo o mais rápido que posso e para o mais longe que consigo da desilusão.

Não crio grandes expetativas e não coloco todas as fichas em determinado objetivo porque tenho mais medo da desilusão do que demorar cinco vezes mais para conseguir realizar tal objetivo.

Defino pequenas metas que muitas vezes demoram muito tempo a ser realizadas, que muitas vezes têm mais altos e baixos que as ondas do mar e fazem mais curvas que alguém a contornar pequenos cones. Defino pequenas metas que me parecem levar ao grande objetivo, metas que me parecem realizáveis, que me parecem possíveis. Defino pequenas metas que, por vezes, não me fazem conseguir o objetivo final, mas não me deixam profundamente desiludida, porque nunca lhe coloquei muitas expetativas, forças e esperanças. Defino pequenas metas que me deixam feliz ao serem realizadas e que não me fazem tremer ou chorar por não conseguir concretiza-las.

Alguns dizem que é falta de sonhos. Outros que não sou uma pessoa determinada. Outros ainda afirmam que não sou forte o suficiente para “correr” atrás de algo.

Talvez todos estejam certos e eu seja uma pessoa sem ambição que ainda não sabe sequer o que quer da vida, ou talvez eu seja apenas uma pessoa que não quer criar expetativas e sair destruída de um mundo onde nem tudo é conquistável e pequenas conquistas para mim também têm grande valor.

Eu também sou feliz com a realização das pequenas metas, eu também me realizo quando alcanço um pequeno sonho, mesmo que parece muito realizável, eu também realizo grandes objetivos, só não dou “o corpo às balas” todas as vezes que quero fazer.

Eu sou apenas uma pessoa normal, que tem medo de se “atirar de cabeça” a um grande sonho e cair desamparada por não ter conseguido o que tanto queria.

Eu sou apenas uma refém da desilusão, que não se permite fazer mais porque esta sussurra sempre no meu ouvido que está mais próxima do que parece.

 

imagesCAHRVF5E.jpg

 

Cudgi <3

Futuro no passado

mensagens-sobre-o-futuro-1.jpg

Com 20 e poucos anos, as minhas projeções de futuro estão um pouco no passado. Desapareceu a ingenuidade do “tudo é possível”, talvez pelos sucessivos entraves a tal acontecimento.

Acho que nesta idade ainda poderia acreditar que tudo é possível, que basta força de vontade, luta, persistência e muito amor pelo que se quer, além de trabalho, claro, para conseguir ser e ter tudo aquilo que quero. Deveria ter o pensamento de que tudo é possível, que nada nos é dado sem esforço mas, na realidade, nada é impossível, se é mesmo o que queremos, basta acreditar.

Deveria ter uma visão de um brilhante futuro, pensar que, agora, é que poderei começar a minha vida, agora é que poderei ser o que sempre quis, agora é que tenho de lutar com todo o poder que tenho para alcançar o que sempre quis. Mas a única coisa que consigo visualizar no momento, é que o futuro não parece nada brilhante, é que o que sempre quis talvez não seja aquilo que conseguirei, que depois de tanto esforço a caminhada parece levar-me ao mesmo local inicial.

Depois de terminar um ciclo na vida, depois de cumprir um sonho, deveria ter a caixa de sonhos cada vez mais cheia, mas já comecei a desfazer alguns, já não tenho a sensação de que “conseguirei tudo o que quero”, já não acredito tanto na frase “Vais conseguir”, já não fazem sentido as frases de incentivo “Basta acreditar e tudo será possível”, “Trabalho e persistência, vão levar-te onde queres”, “Podes fazer de ti aquilo que quiseres”, com 20 e poucos anos, já não acredito em todas estas “verdades”.

Já não acredito que o trabalho, a persistência, o talento, o acreditar, me colocarão aonde quero estar, me levarão para onde sempre quis ir, já não acredito que “É possível basta acreditar”. Com a minha idade e depois de um grande sonho cumprido, a lutar por realizar muitos mais e cada vez maiores, as derrotas custam ainda mais, o objetivo final parece cada vez mais longe e, possivelmente, alguns sonhos terei de abandonar definitivamente.

Mas, afinal, a vida não é isso mesmo? Não se trata de fazer opções? De crescer com o que se vai aprendendo? Não perder a vontade de continuar a lutar mas perceber que existem mesmo impossíveis?

Cada vez mais percebo que nem todos os meus sonhos são possíveis de realizar, por mais que eu trabalhe, por mais que eu lute, por mais que eu insista. NÃO! Não é possível concretizar todos os sonhos e muitos ficarão pelo caminho, alguns depois de tentar muitas vezes, outros apenas depois de avaliar novamente e até nem tentar, são opções. São fases de crescimento.

Por isso, com 20 e poucos anos deixei de acreditar que o meu futuro será perfeito e será o que sempre imaginei. Não será, pode ser melhor ou pior. Talvez tenha demorado demasiado para perceber isso ou talvez pudesse ter sonhado mais um pouco, mas algum dia iria perceber, certo?

 

Cudgi <3

Confusão

tumblr_mblubzJqCG1ruofv2o1_500.jpg

 Sinto-me confusa. Estou mergulhada numa imensa confusão. Confusão é o estado do que não tem ordem interna e eu internamente estou desorganizada, perdida algures dentro de mim, dentro deste mundo, dentro desta sociedade. 

Encontro-me numa altura da vida onde a palavra que melhor me descreve é confusão. Estou confusa! Não sei, talvez pela primeira vez na vida, o que ando a fazer. Roubaram-me os planos. Retiraram-me o pára-quedas. Pela primeira vez sinto que não sou capaz. Não sou capaz de decidir desistir do sonho. Começo a acreditar que correr atrás do sonho não é o propósito da minha vida. Mas não encontro o propósito dela.

Pela primeira vez não sei que caminho seguir, não sei se devo dirigir-me em linha recta ou se terei de fazer alguns desvios, não sei se devo continuar a caminhar ou se esta pausa tem uma razão de ser. Os planos terminaram e ainda não consegui planear nada mais, existe em mim um emaranhado de caminhos, que se cruzam e me dificultam a compreensão, caminhos que me parecem sem saída, caminhos que não conheço o começo, tão pouco o fim.

Durante anos achei que, escolhe-se o caminho da esquerda ou da direita conseguiria desenrascar-me, ser capaz de superar e chegar ao destino: à felicidade. Hoje, não consigo tomar decisões. Não encontro opções! Vou à procura delas, vou á procura da realização de um sonho. Mas será que o que tanto desejo me fará feliz? Será que é por isso que o universo me está a dificultar as coisas? Ou será que é para aprender a dar valor às minhas conquistas? Não sei a resposta a nada mas sei que estou confusa!

Sinto a confusão instalada em mim e no que sou, no que faço e não faço por não compreender como o fazer. Sinto-me sem opções porque a confusão em mim não me deixa compreender as alternativas. Sinto os meus sonhos travados porque as confusões se instalaram até neles. Sinto a minha vida sem rumo, sinto-me sem as rédias de mim mesma por que a confusão já parece dona de tudo.

Sinto que já não sou eu, porque até isso a confusão me tirou.

2abe3d7ac9dc818bcaeea35b0bd5523b.jpg

 

Nono & Cudgi <3

 

 

Continua! Nunca sabes quem estás a inspirar.

ddbc38c7ca4881fbe2ce061f022bebdc.jpg

 

Na vida existem sempre situações que nos fazem parar na estrada em que vamos e pensar em mudar de rumo, alterar a lei das coisas, desistir do que realmente queremos. Mas será isso correto? Nós somos constituídos pelos nossos sonhos, pelo que queremos. Sem isso, não somos nada.

Vamos sendo construidos ao longo de toda a viagem, pelo que aprendemos, pelo que queremos e fazemos de tudo para obter, pelo que não nos faz tão bem, mas que nos é muito útil para crescermos, por tudo o que nos ensina algo. Corremos atrás do que queremos, lutamos, movemos "mundos e fundos" para alcançar os nossos sonhos.

E durante a luta quando pensares em desistir. Mudar de rumo. Pensa no que queres... No que te faz feliz... no que já lutas-te até ali, e acredita em ti e nas tuas capacidades.

Continua na luta! Não é vergonha nenhuma ter medo e, por vezes, duvidar até de nós mesmos, vergonha é desisitir daquilo que com que tanto sonhamos, sem termos tentado depois de cair uma única vez.

Continua! Nunca saberás quem estás a inspirar.

Podes te achar um fracasso mas a tua persistência, a tua coragem para lutar, inspira quem te rodeia. Dá motivos aos outros para correrem atrás do que querem. Motiva toda a gente a tentar ser feliz. Dá motivo de orgulho pela pessoa que és, naquilo que te tornas-te. Motiva quem te observa a fazer o mesmo, a persistir no que quer, a lutar pelo que sonha, a continuar a ter sonhos e esperança de que estes podem realmente se concretizar.

Por isso jámais desistas dos teus sonhos. Eles fazem parte de ti. E tu não podes desistir de ti!

Continua na tua luta! Continua no teu caminho! E mostra a esta sociedade que o que vem com o nosso esforço sabe ainda melhor!

 

Cudgi & Nono <3

 

<p

Quero mudar o mundo!

 

cropped-eu-posso-mudar-o-mundo11.jpg

 

Tenho em mim todos os sonhos de mudança e toda a esperança de que poderei fazer deste mundo um lugar melhor.

Tenho a confiança de poder mudar o mundo, de poder fazer dele um lugar bonito e bom de se estar e viver.

Tenho em mim a esperança de deixar um mundo melhor do que encontrei, um mundo melhor para os outros do que foi para mim.

Eu quero mudar o mundo, espero mudar o mundo, estou a fazer e continuarei a fazer de tudo para mudar o mundo.

Eu sei, tenho consciência e certeza de que não consigo mudar tudo o que aqui existe, tudo o que aqui se faz, eu sei que não tenho superpoderes para mudar tudo, mas sei que se mudar apenas uma pequena parte, se mudar apenas uma pessoa, se mudar apenas uma atitude, já mudei o mundo. Já mudei o mundo de alguém, já mudei a forma de como alguém encara o mundo.

Porque não podemos pensar e querer todos mudar o mundo?

Todos conseguimos fazê-lo, todos conseguimos mudar nem que seja um pouquinho do mundo em que vivemos, todos conseguimos mudar nem que seja uma pequena atitude. Basta um pequeno esforço, basta um mínimo detalhe para que algo mude, e dentro de cada um o mundo somos nós.

Uma pequena pessoa, com uma pequena atitude pode fazer uma grande diferença. É nisso que acredito, e esse é um dos meus lemas de vida. Pequenas atitudes podem gerar grandes diferenças.

mudar-mundo4.jpg

 Nono & Cudgi <3