Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

Foi quando tu me deste a mão

 

"Há muito tempo

Que a minha vida era um deserto em vão

eu nunca soube se ia dar certo ou não

Até que te vi e de repente

Assim bela tu vieste então

Foi quando tu me deste a mão

e eu percebi..."

 

Foi no instante em que as nossas mãos se tocaram que eu percebi que era de mao dada contigo o meu lugar. Era assim de mão dada contigo que queria caminhar na vida, que queria viver...

Foi na firmeza da tua mão. Foi na segurança das tuas palavras que me encontrei. 

Por isso, faças o que fizeres, não largues a minha mão... 

Na luta estamos juntos.

Na construção estamos juntos.

Na caminhada estamos juntos. 

 

Tu e Eu, Nós de mãos dadas pelo mundo. 

Quero-um-amor-para-andar-de-mãos-dadas...---830x4

 

Caminhada

Tracei um caminho que deveria ser uma auto estrada e que agora não passa de um pequena estranha remendada, onde não existem atalhos, onde as encruzilhadas são mais que muitas e a inversão de marcha á proibida.

Tracei um caminho onde existe um aviso de perigo de derrocada, que agora está obstruído e que, a qualquer momento, uma cratera no seu centro se pode formar.

Tracei um caminho onde só se dirige num só sentido e não encontro forma de poder estacionar para, simplesmente, descansar.

Tracei um caminho que agora já não faz sentido e que parece que ficará inacabado.

Tracei um caminho por onde já não quero passar, um caminho que já não me dá vontade de percorrer, um caminho que parece demasiado perigoso e incerto para mim.

Tracei um caminho que já não reconheço que me pertença, um caminho que já não reconheço como meu.

Tracei um caminho que não quero mais percorrer, mas que já me fez andar muito.

Tracei um caminho com vários atalhos, várias curvas, vários perigos.

Tracei um caminho que já não me leva para casa mas já me levou a muitos locais.

Tracei um caminho e agora vou traçar outro e daqui a tempos traçarei muitos mais pois caminhos são feitos para percorrer, porque parados não avançamos.

Tracei um caminho e traçarei muitos mais porque se fosse para parar deixava de pensar em caminhos, deixava de traçar qualquer novo itinerário, porque se fosse para parar teria traçado apenas um único objetivo, nunca mais caminhar.

Porque, traçar caminhos e deixar de os percorrer não é como se não tivesse objetivos definidos mas sim ter diferentes objetivos à medida que vamos avançando.

Porque crescemos ao longo da caminhada e não queremos sempre o mesmo, nem caminhamos sempre para o mesmo lado, o importante é nunca parar de caminhar.

Traçar diversos caminhos é ter sempre objetivos a cumprir.

 

Cudgi :)

 

 

A sociedade e os Bombeiros Portugueses

923591.jpg

 

Carregam os bombeiros nas costas botijas de oxigénio, mochilas carregadas, mangueiras e agora, um peso enorme, que lhes foi atribuído, porque “não conseguiram cumprir o seu dever”.

Carregam os bombeiros palavras más, palavras que magoam, que fazem sofrer, abrir feridas que sangram até não existir mais sangue para escorrer, porque as pessoas acreditam e estão plenamente convictas que “muito mais poderia ter sido feito”.

Eu também acho que muito mais poderia ter sido feito. Todos os anos muito mais pode ser feito, muito mais pode ser pensado, muito mais pode ser investigado, muito mais pode ser cuidado. Mas eu não acho que a culpa seja de cada homem ou mulher que as chamas combate, que se coloca em frente ao inimigo. Eu não acho que o bombeiro deva carregar nas costas as palavras de desmerecimento, as palavras ruins que remetem para atos cruéis.

Eu compreendo (e na minha sincera humanidade, espero que mais pessoas também), que as falhas existem, que na mais recente tragédia que cobriu de negro todo o país, muitas coisas falharam, a prevenção (como vem acontecendo todos os anos), a rede nacional de emergência (algo que, infelizmente, também não é um caso isolado), a comunicação (profissionais e populares não tiveram uma comunicação muito clara), mas, no meu entender, os bombeiros que saíram de casa sem saber para onde iriam e se voltavam não fazem parte dessas falhas. Os soldados que combateram durante dias o inimigo estavam lá com o propósito de ajudar, de fazer o que pudessem para salvar o máximo que conseguissem, acho que se não o fizeram foi porque não puderam ou não foram informados de algo. Não acho que possamos pedir que alguém faça tudo se nem os informamos que devem fazer.

Partilho completamente o desespero da população, que viam as suas casas em riscos, o seu sustento, os seus pertences, a sua vida, que viam familiares e amigos caminharem para o incerto e, provavelmente, para a sua morte, mas não partilho das palavras ofensivas de que quem combatia pela restauração da paz e tranquilidade não fez mais porque não quês. Na minha opinião, eles não podem fazer mais do que conseguem, infelizmente, têm muita vontade de ajudar, de dar a sua vida, mas não consegue ser mais que um, não conseguem ser omnipresentes, não podem ajudar se nem do que se passa são informados.

Tenho todo o respeito e admiração pelos bombeiros, e acho, sinceramente, que eles são uns heróis, porque herói não é só quem consegue salvar tudo e todos, mas quem dá tudo o que tem e pode para o fazer. Infelizmente, muitas vezes isso não é possível.

Muito obrigado a todos os bombeiros. Os nossos mais sinceros sentimentos a todas as pessoas que perderam alguém. As melhoras para todos os que ainda se encontram feridos.

Portugal não esquecerá esta tragédia, e também não devemos esquecer que algo falhou e infelizmente não é a primeira vez. Quantas mais tragédias terão de acontecer para que as falhas deixem de acontecer? Quantas mais tragédias serão precisas para, quem de direito, fazer alguma coisa?

Portugal somos todos nós, mas não elegemos governantes apenas porque não precisamos de representantes em diversas reuniões, precisamos que realmente estejam atentos ao país. 

<p

Cudgi <3

 

Existem dois tipos de pessoas...

No verão conhecemos mais dois tipos de pessoas. 

praia ou piscinia.JPG

(imagem retirada da internet)


As pessoas que adoram a praia e as pessoas que adoram a piscina!!! 

Pronto vá lá existe quem não goste de nenhuma e quem adore as duas, mas em geral as pessoas preferem sempre uma!

 

Eu cá prefiro a piscina e vocês?  

Nono <3

 

Tipos de pessoas num Concerto

Os concertos estão aí e por isso, não podia deixar de vós apresentar os vários tipos de pessoas que se encontram nos concertos! 

 

Fã Histérico - é aquele tipo de fã que sabe as musicas todas e canta-as o concerto todo, mas para além disso vibra com tudo que o cantor faça... 

 

Fã Obcecado - é aquele tipo de fã que fica na primeira fila (nem que para isso tenha de acampar uma semana), sabe as letras todas e leva até cartazes para o artista! 

 

Fã Baby-sitter - Aquele tipo de pessoa que vai ao concerto para tomar conta de alguém, seja um irmão, primo, filho... Basicamente faz o frete e fica literalmente de post a tomar conta da outra pessoa. 

 

Fã Quieto - Este é daquele tipo de pessoa que vai ao concerto só avaliar para depois criticar. Fica no seu cantinho e não incomoda ninguém. 

 

Fã Clássico - Tira uma foto para recordação. Canta as músicas mais conhecidas. E no final sai como se nada se tivesse passado. 

 

 

E entao que tipo de fã és?  Enquadras te em algum tipo ou pertences a algum que me esqueci de mencionar?

 

 

Fã Cinematográficos - Luzes, câmara, ação é hora de filmar o espectáculo! 

ng1326396_435x200.jpg

 

 

 

 Nono <3

 

 

 

Tipos de Convidados num Casamento

Está aberta oficialmente a época dos casamentos!!! E por isso hoje apresento-vos os vários tipos de convidados que se encontram nos casamentos.

 

  • A modelo - é aquela amiga da noiva que é super gata e está solteira. Consegue chamar a atenção de todo o homem solteiro. Uma verdadeira modelo dentro de um casamento. Faz da entrada na igreja a passerelle e, se duvidar, ainda tira mais fotografias que os noivos. Com sorte ainda dá uns autógrafos

16615971_Aguni.jpg

  • O gato solteiro - Aquele amigo do noivo que está totalmente descomprometido e que apresenta um corpinho bem trabalhado, um smoking que lhe acenta que nem uma luva, um olhar sedutor e um sorriso de fazer qualquer mulher suspirar. Normalmente, atraí a atenção de todas as amigas da noiva. O "jeitoso" que faz suspirar as meninas solteiras e as casadas, que também não são cegas, mas os maridos não precisam saber com um rabo de fazer "colar os olhinhos" e um sorriso que parece saído do comercial da colgate. Com certeza no que toca a mulheres, a festa não é para os noivos.

 

  • O fotógrafo - Aquele convidado que acha que os noivos não contraram um fotógrafo para aquele dia e acha que com o seu telemóvel pode registar todos os momentos. Aquele que tem tudo registado em fotografia e que certamente ainda vai conseguir rir com algumas imagens captadas das "pobres" e "tristes" figuras que alguns convidados foram capazes de fazer.

 

  • Os criticos - Esses criticam a quinta/restaurante, a decoração, a ementa, a comida, o servente, a música, definitivamente tudo está mal. Capazes de criticar até a escolha dos noivos de quem convidar, esquecendo-se que são um deles.

 

 

  • As policias da moda - Aqui todas nós, mulheres, somos um pouco. Comentamos, inevitavelmente, o vestido da noiva, depois das damas de honor, das amigas, das mães e sogras, e depois passamos para os restantes convidados. Basicamente, comentamos toda a gente. Capazes até de comentar a escolha do noivo ou noiva, mas isso... Depois de papel assinado, não há muito a fazer.

paulaf.jpg

 

  • A bailarina - É aquela convidada que adora dançar e que arrasta todos os olhares para ela na pista de dança. Sozinha faz a festa e dá show. Haja pessoa e energia para aguentar tantas voltas e piruetas. A dança a mim não me assiste e o redbull também já não faz efeito.

not_78974.jpg

  • O esponja - Muitas vezes é associado ao padrinho do noivo, mas pode não ser. É aquele convidado que aproveita o casamento para tirar a barriga de miséria e beber muito e de tudo. No final da noite, é um chato bêbado que já ninguém suporta! Basicamente, ninguém cai aos seus pés de amor, mas ele, com certeza, vai cair aos pés de muita gente.

hqdefault.jpg

 

 

  • Os antisociais - Aqueles convidados que não falam, estão no seu canto e que se não fosse pelas fotografias nem se sabia que tinham ido ao casamento. Podemos facilmente confundi-los com fantasmas, a única diferença é que estes dão despesa.

 

  • O desconhecido - Amigo de alguém que foi convidado mas que ninguém conhece. São praticamente os "fura-casamentos, mas esperemos que neste casamento, pelo menos um convidado os conheça.

 Preparados para encontrar estes convidados nos casamentos deste ano?!
Divirtam-se e bons casamentos!

Cudgi & Nono <3

 

 

 

 

O amor da minha vida é viver

Sol nascente 2.jpg

 

Se dou valor máximo a alguma coisa é à vida.

Se existe algo pelo qual sou apaixonada, pelo qual faria tudo é pela minha vida.

Apaixonei-me ao longo do tempo e continuo a apaixonar-me, todos os dias, por diversas coisas e muito mais, por momentos, pessoas, risos, aprendizagens, todos os dias há algo que me faz apaixonar mais ou pela primeira vez.

Acho que nunca estive realmente apaixonada por alguém, em que percebesse que aquela pessoa era o meu "mundo", que gostava tanto dela que era capaz de abdicar de mim mesma, que não faria sentido viver sem essa pessoa ao lado, alguém que pudesse dizer que era, de facto, o amor da minha vida.

Também não tenho um filho ou filhos, que colocaria acima de tudo e todos e pelo qual faria tudo, deixando-me de parte para o colocar sempre em primeiro lugar, pelo qual daria tudo e de tudo faria, para que podesse ser o amor da minha vida.

Na realidade, o amor da minha vida é viver.

É crescer diariamente com cada pequena coisa, é aprender um pouco com cada pessoa que conheço, é gargalhar com cada piada contada, mesmo que, por vezes, algumas não tenham assim tanta piada, é conhecer novos locais e apreciar cada paisagem, é sentir os olhos brilharem por ter à minha frente algo que me faz querer continuar lá.

O amor da minha vida é cada pequeno e minimo detalhe de viver, num mundo imenso, com grandes complicações e frustações mas onde apreciar cada momento e querer sempre mais um pouco de felicidade é a garantia de que encontrei o amor da minha ao ser apaixonada pela vida e por viver intensamente.

 

Cudgi <3 

 

 

 

Tipos de Homens #afinal não são todos iguais

Os homens não são todos farinha do mesmo saco!

Existem vários tipos de homens capazes de cativar uma mulher pela sua postura senão vejamos:

os-homens-sao-todos-iguais_medium.jpg

Homens românticos - homem inspirado nos contos de fadas, um verdadeiro princepe que chega com flores, pensa em jantares românticos, e trata sempre a sua musa como uma verdadeira princesa.  O sonho de qualquer mulher transformado em realidade. Até porque todas nós gostamos de miminhos e atenção mas secalhar o que é em demasia cansa e chateia, não sei não sei! (Ainda não me cruzei com nenhum princepe!)

 

Homens confiantes - Poder e controlo é uma imagem que passam na maioria das vezes. Daí à arrogância é um passito! Como é tão seguro de si não se sente nunca ameaçado e muito menos apresenta ciume. Confiante em tudo, transmite isso a ela, mas pode ser fatal para uma relação. Um Christian Grey é giro, mas arrogância, controlo e poder diariamente, não me parece que seja o sonho de qualquer mulher, principalmente das independentes. O que suscita interesse por parte da mulher neste tipo de homem é o nível de confiança que ele tem, porque toda a gente sabe que a mulher é um ser inseguro (e constantemente com inseguranças). Alerta: procura-se homem confiante que não seja arrogante? É que definitivamente são todos arrogantes!

 

Homens artistas - são homens espontâneos, atentos a detalhes que na maioria das vezes os restantes nem reparam. São sentimentais e demonstram-no nas suas artes e atitudes. E nós gostamos disso, gostamos de saber que somos amadas, únicas na vida deles e umas musas inspiradoras.

 

Bad Boy - despreocupação e aventureiro aliado ao facto de maioria das vezes nos darem para trás faz com que o nosso interesse aumente.

 

Homens inteligentes - conversas interessantes, maduro e com raciocínio. Neste caso, nem o facto de não ter um corpo fit e usar óculos impede uma mulher de ficar interessada e fascinada por ele.

 

Metrosexuais - Cuidam de si, muitas vezes usam mascaras no cabelo, cremes de rosto, praticam exercício e estão sempre a par das tendências da moda! Normalmente as mulheres gostam deste tipo de homem, faz lembrar o típico modelo, mas no entanto tudo que é demais é erro! Portanto, homens com estilo mas não mais do que eu! 

 

Os cozinheiros - Conquistar uma mulher pelo estômago ainda se usa. E sempre ouvi dizer, casa com alguém que saiba cozinhar, porque a beleza acaba a fome não!  Tem os seus contras este tipo de homem, afinal se cozinha muito bem vamos comer mais e comer mais é igual a aumento de peso, mas não vamos pensar nisso! 

 

Os sóbrios - Todas nos conhecemos os bêbados, certo? Pronto estes são os que bebem com moderação e sabe como estar junto de uma princesa, dama, donzela... Basicamente sabem conjugar a vida social com a pessoal e nomeadamente a vida de comprometido. 

 

Assim concluo que todos os homens são farinha do mesmo saco, no entanto cada um sabe trabalhar e tornar essa base comum em algo único. Portanto, todos nós somos diferentes com algumas semelhanças! 

 

Nono <3

 

 

Uma sociedade intolerante à espera

Atualmente, as pessoas vivem numa correria diária. Sem se permitirem esperar por nada. E quando se tem de esperar altera-se ou segue-se sem isso.

Atualmente, uma pequena fila de espera desperta no ser humano frustração. É só uma espera!

Odiamos esperar pelas pessoas. Odiamos esperar por um serviço. Odiamos esperar...

Queremos tudo já! Está tudo à distância de um clique. Uma chamada. Uma mensagem.

A espera só se mostra aos pacientes, e estes, são muito escassos por estes tempos.

Uma fila de espera é um desespero, a espera por um telefonema é sufocante

Habituamo-nos a não ter de esperar por nada, habituamo-nos a ter tudo ao nosso alcance, habituamo-nos a ter ao nosso dispor tudo o que queremos, quando queremos, onde queremos, sem mais nem porquês.

Esperar saiu há muito tempo do nosso vocabulário, porque não é algo que habitualmente façamos. Paciência é algo que deixamos há muito de precisar de fazer, é algo que já não precisamos ter em nossa vida.

Se já não conseguimos esperar por coisas tão simples, importantes e, por vezes, tão básicas, como conseguiremos esperar por algo que ainda nem sabemos ao certo se acontecerá, como acontecerá ou quando.

Como conseguiremos esperar pelo que a vida tem para nos oferecer?

Como conseguimos esperar pelo futuro? Como conseguimos acordar e esperar ao longo do dia pelo minuto seguinte, pelas horas, dias, semanas, meses, anos? Como esperamos encontrar alguém que nos complete ou encontrar a nossa vocação?

Esperar extingui-se do nosso dicionário e vocabulário tão rapidamente quanto se extinguiu de nós a paciência para o fazermos.

Esperar já não faz parte de nós, esperar é algo que já não fazemos, esperar é uma palavra que quase não conhecemos.

Esperar é agora um super poder que só um infinito da população consegue o privilégio de o ter.

527347_400209726666092_818253451_n.jpg

Cudgi & Nono <3

 

Não sejas escravo do tempo. Tira o melhor proveito dele. Usa o relógio!  

 


Existem 2 tipos de pessoas...

...no mundo!

lllllllooooolll.png

Existe pessoas que adoram falar ao telemóvel e outras que evitam ao máximo atender chamadas, utilizando portanto o serviço de mensagens na maioria das vezes.
Eu tenho de admitir que falar ao telefone/telemóvel não é a minha onda! Não sei porque mas só ao ver o telemóvel tocar fico logo receosa de atender mesmo que saiba quem é do outro lado. Sou a única ou por aí existe mais gente assim?



Nono <3