Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

duasmulheresemeia

duasmulheresemeia

Homem para mim...

Atualmente tem me perguntado muito pelo meu "acompanhante", "querido", "moço" entre outros nomes queridos e fofinhos que as pessoas atribuem ao nome rotulado e vulgar de namorado. Ao que eu respondo que "não tenho" ou "não existe" ou até mesmo "tinha uma festa no mesmo dia" (em tom de brincadeira!). O que se sucede a seguir é algo que por vezes me deixa a pensar. As opiniões dividem-se. Há quem venha com a história  do " tens de arranjar um agora de nova", "deves ser mesmo esquisita", "arranja agora que depois estão todos culpado"( Quanto a esta ultima começo a achar que e mesmo verdade! Eh eh eh...) Mas depois há as outras pessoas que dizem "fazes muito bem, atura-los para que?", "aproveita a vida antes de ficares presa", "o meu filho  também não tem ninguém..." (parou!!!)
Ora bem, eu não sei qual é a opinião que mais me surpreende. No entanto, tenho a referir que SIM SOU ESQUESITA. Não sou esquisita em termo de beleza. Não me interessa se tem olho azul, cabelo loiro, se mede 1,80, se é modelo, se tem uma conta recheada,se é herdeiro de uma grande fortuna ou mesmo se é de boas famílias. Interessa-me sim, a sua capacidade para ter uma conversa séria no momento certo, assim com ser cómico no momento devido. Interessa me alguém com quem posso ter uma conversa culta interessante e divertida. Interessa me alguém trabalhador, amigo e respeitador. Alguém capaz de perder 10 segundos para oferecer um sorriso a alguém ou desejar um simples "bom dia" ou "boa tarde. Ponto isto, posso dizer que sou esquisita, muito até. Porque encontrar alguém com tanta qualidade,  é complicado. Mais complicado até que encontrar um deus grego em pleno território português! E os poucos que se encontrar então ocupados, portanto quem refere que ficam ocupados, admito têm razão! Alguém chegou primeiro.

 Quanto a atura-los, só posso dizer que se for respeitador o acto de aturar será um desafio feito a dois, afinal os homens também se queixam de aturar as mulheres. Onde há respeito, compreensão e tolerância o facto de aturar vira um simples detalhe do quotidiano.
Mas continuando, quando me vêm com a frase "o meu filho.." ui mas que? acham que isto é como antigamente que eram os pais a arranjarem namoros ? desculpem mas não. Se tiver de ser. Se for o tal. O destino há-de-nos juntar. Não é necessários os pais mexerem cordelinhos ou mesmo meter cunhas, mas fico lisonjeada quando uma senhora refere isso, afinal gostaria-me de ter como nora, ao que parece... XD

O conselho " aproveitar a vida antes de ficar presa" é daquelas respostas que me choca! Presa?! desculpem mas não. Amiguinhos a mesma mas a liberdade é um direito!

Posto isto, o que posso dizer... vá que mesmo sozinha sou muito feliz!

 

Nono <3

P.S.- Se alguém que estiver a ler isto achar que corresponde a todas as características, pode mandar o "curriculum" para o email de contacto. Mas fica desde já o aviso de que, a menos que o destino cruze os nossos caminhos ele ficará lá a ganhar pó. XD

o-homem-ideal-ruimcomelas.png