Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

duasmulheresemeia

duasmulheresemeia

Epidemia do momento

45678_1.jpgAtualmente vivemos numa sociedade repleta de smatphones e redes sociais. Para agravar isto, atualmente as operadoras incluem em grande parte dos pacotes (de modo a satisfazer o cliente!) MB de dados móveis, pelo que passamos a ter internet no smartphone que está connosco 24h por dia, 7 dias por semana. Ora se temos um smartphone + dados móveis = visita às redes sociais.

Ora aí está! Redes sociais!

Nós vivemos rodeados de redes sociais! Parece impossível viver sem elas. Parece quase impossível não colocar "vou" àquele evento! "vou" àquele espetáculo!  É impossível não partilhar o início do namoro! É impossível não partilhar que me pediu em casamento! É impossível não partilhar que "vamos ser pais"!

As notícias são dadas ao mundo pelas redes sociais, até mesmo as noticias de pessoas anónimas! Partilhamos tudo que esquecemo-nos por vezes de guardar as coisas boas para nós, de viver sem pensar em ter de publicar, contar ao mundo! Simplesmente viver!

A felicidade parece medida pela quantidade de "likes" numa fotografia e o tamanho, por vezes forçado, do sorriso de quem a publica.

Passamos horas ligados aos telemóveis inteligentes, seja a "teclar" com alguém, seja a ver o perfil de alguém (em busca de cuscar e saber da vida os outros!)

 Vivemos cada vez mais ligados aos telemóveis, ás tecnologias e acabamos por deixar de conversar com quem está ao nosso lado por estarmos tão centrados num estúpido aparelho! 
Deixamos de conversar cara-a-cara!
Deixamos de viver os momentos na plenitude!

Passamos a viver on-line!

Vivemos para as redes sociais e para sermos cada vez mais ativos nestas. Porque devemos dizer tudo o que fazemos e o que não fazemos, inventamos. Mas a verdade é que as melhores coisas da vida ocorrem, mesmo que pareça impossível, em offline! 

E são essas coisas que estamos a perder! Porque já não sabemos viver sem o telemóvel!

São os sorrisos amplos de uma piada contada entre o grupo de amigos, sentados a uma mesa num café, são os abraços que damos a alguém com que há muito já não estávamos, são as brincadeiras, por vezes infantis, com a família e amigos, são os jantares, almoços e lanches partilhados com que nos faz sorrir, com quem nos faz feliz.

O telemóvel faz parte da nossa vida, assim como as redes sociais, e são-nos muito úteis, disso não poderemos discordar, mas não podemos gerir toda a nossa vida em função deles. Se alguém não atende é porque aconteceu algo! Se o telemóvel está desligado é porque aconteceu alguma coisa! Já ninguém pode viver sem ter um telemóvel com bateria a todos os momentos do dia!


Já não somos livres!
Vivemos presos! Presos aos nossos telemóveis! Presos às nossas redes sociais!

Presos num mundo virtual, desperdiçando o mundo real!

Somos escravos da virtualidade!

 

image.jpg

 

 

 

Nono <3

 

 

 

2 comentários

  • A verdade é mesmo essa, mesmo não publicando muito, acabamos por perder sempre tempo da vida a ir lá!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.