Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

O amor da minha vida é viver

Sol nascente 2.jpg

 

Se dou valor máximo a alguma coisa é à vida.

Se existe algo pelo qual sou apaixonada, pelo qual faria tudo é pela minha vida.

Apaixonei-me ao longo do tempo e continuo a apaixonar-me, todos os dias, por diversas coisas e muito mais, por momentos, pessoas, risos, aprendizagens, todos os dias há algo que me faz apaixonar mais ou pela primeira vez.

Acho que nunca estive realmente apaixonada por alguém, em que percebesse que aquela pessoa era o meu "mundo", que gostava tanto dela que era capaz de abdicar de mim mesma, que não faria sentido viver sem essa pessoa ao lado, alguém que pudesse dizer que era, de facto, o amor da minha vida.

Também não tenho um filho ou filhos, que colocaria acima de tudo e todos e pelo qual faria tudo, deixando-me de parte para o colocar sempre em primeiro lugar, pelo qual daria tudo e de tudo faria, para que podesse ser o amor da minha vida.

Na realidade, o amor da minha vida é viver.

É crescer diariamente com cada pequena coisa, é aprender um pouco com cada pessoa que conheço, é gargalhar com cada piada contada, mesmo que, por vezes, algumas não tenham assim tanta piada, é conhecer novos locais e apreciar cada paisagem, é sentir os olhos brilharem por ter à minha frente algo que me faz querer continuar lá.

O amor da minha vida é cada pequeno e minimo detalhe de viver, num mundo imenso, com grandes complicações e frustações mas onde apreciar cada momento e querer sempre mais um pouco de felicidade é a garantia de que encontrei o amor da minha ao ser apaixonada pela vida e por viver intensamente.

 

Cudgi <3 

 

 

 

Agarra-me em cada detalhe ou perdes-me para sempre...

dedos.jpg

Ninguém me pode roubar de ti se diariamente me conquistares.
Ninguém me pode tirar de ti se valorizares as minhas atitudes e opiniões.

Ninguém nós pode separar. Só nos podem separar quando deixarmos de cuidar dos detalhes do dia um do outro.

Só nos podem separar no dia em que deixarmos de dar atenção um ao outro.

Só nos podem separar quando já não existir sentimento e vontade de lutar por ele.

Por isso, não tenhas medo que me roubem... tem medo de não seres capaz de me suportar. De não seres capaz de me conquistar todos os dias. Porque é disso que eu tenho medo...
Tenho medo e admito! Tenho medo de não te conseguir conquistar diariamente. Tenho medo de deixar que os "problemas dos adultos" nos absorvam e me impeçam de te dar toda a atenção que mereces. Tenho medo que te roubem de mim, que te levem de mim...
Mas é esse medo que me faz ter a certeza que te quero na minha vida. Porque senão tivesse medo, significava que não me eras nada. E tu não és tudo mas estás lá perto. Por isso, prometo-te que vou fazer de tudo para te conquistar dia após dia... independentemente do que possa vir na pagina seguinte da nossa vida...

Por isso, hoje, amanha e sempre vou cuidar do que amo, para que ninguém o possa roubar... Porque muitas vezes só damos valor ao que tínhamos quando perdemos...

 

"Por isso ama-me como se me fosses perder.
Procura-me como se nunca me tivesses tido.

Agarra-me como se eu fosse desaparecer"



Cudgi & Nono <3

Príncipes encantados? Felicidade!

 

Há quem diga que o príncipe encantado não existe, há quem diga até que amar outra pessoa é uma grande “treta”, há quem diga que as diferenças muito acentuadas num casal nunca o deixarão ser completamente feliz, há quem diga que bonitas histórias de amor são só invenções.

Será mesmo impossível encontrar o príncipe encantado, ou será que amar outra pessoa é mesmo um engano, ou até serão as diferenças que deitam por terra tudo o que se idealizou ou, na realidade, lindas histórias de amor só existem nos livros e filmes?

Para mim, o príncipe encantado não vai ser perfeito aos olhos da sociedade ou até aos meus, o príncipe encantado será alguém que apesar de todos os defeitos e manias tem grandes qualidades e me fará feliz, para mim, amar alguém não é enganoso, é bonito fazer algo por alguém, porque nos faz sentir bem, porque gostamos de o fazer, por nós, sem esperar nada em troca, isso sim, será uma grande “treta” (sem nos rebaixar-mos ou desmerecer-mos o que somos e as ações que temos para com alguém), para mim, as diferenças não terminaram com uma relação porque são essas diferenças que nos farão crescer, que nos farão adaptar a contrariedades, cada um fará as suas cedências porque, na vida teremos de fazer muitas, para mim, as magnificas histórias de amor existem na realidade, as nossas histórias serão lindas pelo que nos transmitem, pelo que nos fazem sentir, são perfeitas porque nos fazem felizes.

O amor não chega apenas para quem tem gostos semelhantes ou ideias parecidas, uma imagem do futuro completamente desenhada e um caminho futuro perfeitamente traçado. O amor aparece para quem ainda não sabe para onde seguir, para quem não tem uma ideia geral de tudo o que acontece, para quem tem ideias contrárias. O amor pode aparecer para quem nada tem a ver, e não é isso que fará com que seja amor?

Não são as diferenças que farão ver que realmente dará certo porque aquelas duas pessoas sabem como fazer funcionar?

Não são os segredos e os defeitos, difíceis de contar e terríveis de mudar que os fazem perceber que é mesmo com aquela pessoa que querem permanecer? Porque se adaptaram, porque “provaram” a personalidade do outro e agora não conseguem viver sem, porque os completa de forma diferente, porque os dois têm o que em um não existia.

Contrariamente à frase muito conhecida “Os opostos atraem-se”, a sociedade não acredita que personalidades opostas consigam sobreviver por muito tempo, mas não é por isso que eles farão de tudo para resultar? Não é por isso que um fará o que o outro faz, não é por isso que entrarão no mundo um do outro para perceberem o que estes vivem?

Não é por ninguém acreditar que eles serão, no final, um belo casal?

Ele não é um príncipe encantado, nem chegou no seu cavalo branco, mas é o homem que ela ama, por quem se apaixonou e com quem quer ser feliz.

OS-OPO~1.JPGa350c7a24ec003bb05fb803314f7d250.jpg

Nono e Cudgi <3

A tua metade neste mundo...


 

A maioria das pessoas já ouviu alguma destas expressões “para cada tacho existe um testo” ou “para cada pé existe um chinelo” na sua vida.

Parece que todos nós temos alguém no mundo que é a nossa "cara metade". Agora expliquem-me lá como num mundo com biliões de pessoas vamos conseguir cruzar com a nossa cara metade? Mais, como é que cruzamos, começamos a falar e então aí percebemos que é a nossa cara metade? Pois bem não sei, talvez o destino?!

Não acredito muito que exista no mundo alguém que seja a nossa "metade da laranja" (ou da maçã, ou qualquer que seja a fruta que mais vos aprás).

Li há uns tempos uma noticia que mencionava que 86% das pessoas conhece a sua cara metade antes dos 18 anos. Mas só mais tarde é que percebe que era a "pessoa ideal". Ora bem, eu já passei dos 18, tenho 86% de possibilidade de já me ter cruzado com a minha cara metade? Então miúdo, que andas tu a fazer? Não precisas de um cavalo branco, podes mesmo vir a pé, eu não me importo (ou então num belo porshe. Porque o amor e uma cabana é muito bonito, mas só para passar férias).

Mas afinal o que é a nossa cara metade? É aquela pessoa que nos sentimos que é a tal! (não me perguntem como, ainda não a encontrei!Ainda estou à espera que aconteça como nos filmes, em que os olhares se encontram e borboletas fazem um espetáculo de dança na barriga, faíscas iluminam os céus e corações começam a rodar sobre as nossas cabeças. Ou então alguém que me segure no segundo antes de cair no chão, depois de nos termos esbarrado e o mundo pára. Entretanto acordo, antes de conseguir falar com ele)

A tal ou o tal é aquela pessoa que trás ao de cima o melhor que podes ser. É a pessoa que te faz sentir especial e única. Aquela pessoa que acredita em ti, apoia-te, ampara-te, luta ao teu lado, ensina e aprende. É alguém com quem podes ser tu, que te dá liberdade e asas para seguires para onde quiseres e mesmo assim tu queres ficar junto dela. A tal soma à tua vida, é sempre mais e melhor. Juntos aprendem a perdoar, desculpar e a tirar partido das discussões. Juntos superam tudo, juntos são mais. A tal pessoa, a tal alma gémea existe… mas é preciso aprender a respeitar, olhar, valorizar e amar.

Não precisamos de viver e objetivar toda a nossa existência para o encontro com a "nossa metade", porque antes de encontrar-mos alguém que nos complete e acrescente à nossa vida algo de bom ou maravilhoso, temos de nos amar a nós próprios, temos de viver satisfeitos com o que temos, com o que conseguimos até ali, com o que conquistamos e vamos sempre conquistando.

 

Porque alguém que nos complete, é ótimo, mas o amor próprio é muito mais.

 

metade-da-laranja.jpg

 

Cudgi & Nono <3 

Dificuldade de amar

 

tumblr_m9lmrzE1Wu1rx5ysqo1_500_1.jpg

 

A dificuldade que as pessoas atualmente têm, de amar, é assustadora.

A facilidade com que desapegam de alguém, a capacidade que têm para se “livrar” de alguém causa-me alguma confusão.

Como chegamos ao ponto de não querermos cuidar de quem cuidou de nós?
Como chegamos ao ponto de não nos importarmos com o bem-estar de outras pessoas?

Como chegamos ao ponto de só nos importarmos connosco?

 

Qual foi o momento em que a importância do que nos rodeia deixou de fazer sentido? Qual foi o momento em que, nada mais importa além de mim? Qual foi o momento em que deixamos de nos importar? Qual foi o momento em que perdemos humanidade?

A essência da vida deveria ser viver plenamente, não correr a cada segundo para conseguir sempre mais, não passar sobre tudo e tudo pelos objetivos... Na vida não deveríamos olhar só e unicamente para nós próprios! Deveríamos viver em comunidade! Socializar. Falar. Viver! Não andar a correr na luta por uma carreira, esquecendo as raízes, os nossos pares, a família, os hobbies... Esquecendo quem realmente é. Quem realmente somos! 

A sociedade é feita por pessoas. E as pessoas atualmente lutam por melhor qualidade de vida. Querem ficar bem na vida. E não medem as consequências de algumas atitudes. Não medem os custos que isso terá. Por vezes um estatuto e mais dinheiro, não compra a ausência naquele jantar! Naquela dificuldade! Naquele momento! Não compra a atenção. Não compra o Amor!

Atualmente, as pessoas só se dão com quem querem... Ou quem precisam. E descartam-nas quando já não lhes servem. Quando já estão a dar muito trabalho. Quando já não têm paciência... Quando se enchem... Quando lhes apetece! 

Vivemos cada vez mais numa sociedade de usa e deita fora, sem olhar para trás! Numa sociedade cada vez mais robótica e menos humana e emocional. Numa sociedade onde emoções e sentimentalismo são fraquezas, são defeitos.

Numa sociedade que caminha a passos largos para o abismo do que diferencia o ser humano!

 

P.S- Desculpem-me, mas não me identifico com a sociedade em que atualmente nos encontramos. Não consigo encaixar-me nestes padrões. Não me importo de ser diferente. Não me importo de ser como sou. Porque eu sou feliz assim, eu realmente vivo... o resto da sociedade anda a correr atrás do poder e do dinheiro!
 

 

Nono & Cudgi <3

 

Apaixono-me todos os dias

Todos os dias me apaixono pela vida.

Todos dias me apaixono por uma música nova, por uma imagem que me transmite algo, por uma palavra, por um gesto.

Todos os dias me apaixono pela vida, por viver, crescer, aprender. Todos os dias me apaixono por algo.

Acrescento à grande lista de amores, mais um.

Porque todos os dias algo novo surge, todos os dias aprendo algo, todos os dias são diferentes e amar a vida é apaixonar-me por cada pequena coisa, por cada pequeno detalhe que ela me dá, por cada pormenor, por cada momento, por algo que encontro sem procurar, por algo que lá está mas só naquele dia reparei.

A vida é, com certeza, o meu grande amor, e por quem me apaixono todos os dias. A vida será a única que me acompanha e que me fará companhia sempre, será a única com quem tenho certeza que poderei contar, será a única parceira fiel e insubstituível.

Todos os dias algo acontece e me faz ainda mais apaixonada, e me faz querer mais momentos especiais, me faz feliz.

Apaixono-me todos os dias, não por alguém, uma pessoa física, mas por vários momentos, por um conjunto de situações, por uma realidade constante, por nada em concreto e tudo, na realidade.

Apaixono-me pelo que a vida me faz ser, apaixono-me pelos desafios que me dá, pelas pessoas com quem me cruzo, pelas experiências que me proporciona.
Agradeço à vida, por me fazer feliz como sou. Por me fazer ser o que hoje sou. Por me permitir apaixonar-me por ela. Por me completar.

Mas acima de tudo por me deixar vive-la ao máximo!

tumblr_static_tumblr_static_516jbg36jd44gc48ksskwk

 

 

 

Cudgi & Nono <3

Benfica, o meu grande amor

No dia dos namorados, o amor anda no ar, as imagens divulgam-se, os carinhos compartilham-se e as declarações multiplicam-se, declaro o meu amor, pelo meu clube, o meu Benfica!

sem nome.png

Mais uma vez hoje, estou contigo, na derrota ou na vitória (espero eu que seja isto a acontecer). Estou contigo em qualquer parte do país ou do mundo, em qualquer local onde me encontre. Estou contigo no que de bom me dás, mas também no que de mau me trazes.

Sou benfiquista! Assumo esse amor, que não é generalizado mas concentrado em mim, o amor por algo que não me faz ganhar dinheiro mas me dá alegria, que me faz ganhar histórias, que me faz ganhar lágrimas de felicidade mas que também me faz perder horas de sono, unhas arranjadas, que me faz perder a calma, mas nunca a vontade de querer mais e estar sempre com ele, que me faz querer amar sempre este clube.

Mas não sou a única, partilho este amor com 14 milhões de pessoas espalhadas pelo mundo. Pessoas que como eu, riem e choram, torcem, gritam e cantam por este amor. Um amor coberto de vermelho, um amor de adepto, um amor diferente, desigual e contínuo.

As papoilas saltitantes somos todos nós, que hoje, às 19:45h, vamos estar no estádio a gritar o mais alto que conseguir-mos, ou no carro, no café, em casa, todos "colados" a ver a luta para uma nova conquista, o suor a escorrer por cada um dos "lutadores", a ambição para chegar mais longe, o querer vencer e a raça poderosa de guerreiros, a ver de que somos realmente feitos.

Somos feitos de querer mais, de poder fazer sempre mais, somos feitos de vermelho e branco, somos feitos de conquistas e derrotas, somos feitos de risos e choros, somos feitos do que de mais poderoso e belo poderia existir. Somos feitos do amor! O amor que sentimos por um clube com 112 anos de existência, muitas histórias passadas, muitos títulos ganhos, muitos "heróis" perdidos, muitas lendas que marcam. Somos feitos de milhões, com histórias passadas e muitas por escrever, com títulos para ganhar e muitos recordes para bater.

Eu declaro o meu amor ao meu clube e alguns milhões se identificam com ele.

large.jpg

 

Cudgi <3

 

 

O dia dos namorados (por quem já não o suporta)

Não tenho namorado (recriminem-me por isso), não tenho uma pessoa especial, não tenho “cara-metade” com quem passar o tão esperado e desejado DIA DOS NAMORADOS.

Mais uma vez, passarei esse dia “sozinha”. Para mim este é um dia como os outros, um entre os 365 do ano, um entre mais uns milhares que ainda pretendo viver. APENAS UM DIA!!

Mas há quem não o entenda assim…

O mês de fevereiro, como já me habituei, é o mês do amor e a qualquer lugar que me dirija, existe sempre algo que me faz lembrar exatamente isso. Existe um dia (além de todos os outros do mês) em que na rua, redes sociais e meios de comunicação não existem mais noticias nem novidades a não ser o romantismo daquela noite. É com certeza a noite mais romântica do ano, ou deveria ser.

E eu passo todo o tempo a ver corações por todos os locais, “miminhos” para oferecer, canções românticas a toda a hora, declarações tão sentidas que colocam qualquer um a chorar, é uma epidemia de amor que toca as pessoas.

MENOS A MIM!!!

Chega a dia 7 ou 8 e já não aguento mais tanto amor e vermelho à minha frente (e eu sou benfiquista! Olhem a gravidade da situação). Não aguento mais corações, declarações, flores.

Eu não gosto do dia dos namorados!!! E não é apenas porque não tenho com quem o celebrar. É porque os namorados são-no todos os dias. Porque é que tem de celebrar-se uma coisa que acontece diariamente? Pela lógica, comemoremos também o dia da preguiça, e fiquemos todos a dormir! Isso sim, seria o dia prefeito para mim!!

Mas como “nem tudo é como queremos”, terei de aguentar este, o próximo e todos os anos que se seguirem com, no mínimo 14 dias de amor partilhado com quem quiser ver e apreciar, tendo como única solução mandar mentalmente todas aquelas “coisas focinhas” para os Estados Unidos, fazerem companhia a Donald Trump, juntando tudo num saco do lixo (desculpem-me o/as simpatizantes com este político).

Por favor, eu não quero mais amor no ar! Já sou amorosa de nascença! Não aguento tanto amor em mim.

 

1658.gif

 

P.S: Este post não tem intenção de atingir, magoar ou ofender alguém especificamente. É uma mera sátira (não muito interessante) ao dia dos namorados. NÃO!! Não temos nada contra este dia e esperamos que os namorados sejam muito felizes, tanto neste como em todos os outros dias da sua vida como casal.