Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

duasmulheresemeia

Agarra se puderes

tumblr_m4t0eqdVG71rs68koo1_500.jpg

Deixa. 
Larga tudo. 
Larga tudo o que não te leva para a frente. 
Larga tudo o que não te faz feliz. 
Só depois de largares tudo o que nem aquece nem arrefece é que podes agarrar o que realmente vale a pena e te aquece o coração. Para agarrares as oportunidades que a vida te dá tens de largar o que já não te leva a lado nenhum. 
É preciso praticar o desapego com aquilo que já não faz sentido, com aquilo que já não queremos... Depois do desapego estarás livre para agarrar o que de melhor há para ti, o que realmente queres e o que realmente te faz feliz. Por isso não vale a pena hesitar ou ter medo de largar ou deixar ir algo, porque só assim é que é possível agarrar o melhor que está por vir. 

Agarra o melhor para ti. Podes ser egoísta e pensar em ti pela primeira vez na vida, e não te esqueças que há oportunidades na vida que só passam uma vez. E não a vais querer perder por teres medo de praticar o desapego. 

O nosso mapa

 

d99919e513cc07130b1485ead5566c99.jpg

 

A vida é feita de quedas. 
A vida é feita de etapas. 
A vida é feita de momentos, histórias e marcas. Essas marcas são as cicatrizes.

Cicatriz é o tecido novo que se forma durante o processo de cura de uma ferida. A natureza utiliza-a como um meio para fechar as lesões do organismo quando não é possível a regeneração perfeita dos tecidos, ficando sempre uma marca daquela lesão.  Existem marcas mais visíveis que outras. Existem marcas mais evidentes que outras. 
As nossas marcas são o nosso mapa. O mapa do caminho que percorremos, das quedas que demos e das vitórias que alcançamos. 
Devemos seguir caminho sem olhar para trás de sorriso no rosto. Afinal a vida é feita de quedas, lesões e cicatrizes e é graças a elas que somos quem somos atualmente. 

Somos tão pouco tempo

tumblr_m3s0q9raxz1rsirjdo1_500.jpg

 

Somos tão pouco tempo. Segundos. Minutos. Horas. Dias. Semanas. Meses. Anos. Espaços temporais medidos muitas vezes ao detalhe. Medidas temporais para quantificar ou qualificar alguém ou algo. Quantificadas vidas pelos anos vividos, quantificados relações pelo tempo que duram. Tudo é medido e julgado aos olhos dos outros.

Podem passar dia meses anos mas as pessoas não mudam. As pessoas quantificam e julgam tudo pelo tempo sem pensar na intensidade. Mas independentemente de tudo faças o que fizeres vais ser sempre julgado, criticado e apontado. Seja pela tu idade, pela tua altura, peso, roupa, cabelos, estudos, telemóvel, etc...

Somos pouco para os outros mesmo que façamos tudo. Nunca fazes as coisas bem, e mesmo que faças nunca te vão valorizar ou elogiar. Pelo contrário vais sempre receber comentários de que poderia ser melhor e era a tua obrigação. Por isso levanta a cabeça e vive por ti, sem dar satisfações nem justificações, vive como queres viver e não ligues aos comentários. É fácil comentar quando se está de fora... É fácil julgar sem saber. Difícil é viver perante objectivos e idealizações dos outros. Sob objectivos dos outros. Traça o caminho que queres e vai... vai ser feliz sem ligar aos comentários e julgamento. Faz as coisas por ti. Faz o que queres fazer. Porque a vida é tua não dos outros. Toma as rédeas dela e vai sem medo, ser feliz nas tuas aventuras.

Somos tão pouco tempo que temos de o aproveitar sem ligar a juízos e julgamentos.

Somos tão pouco tempo que temos de o aproveitar.