Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

duasmulheresemeia

Um modelo a não seguir

A submissão era antigamente um modo de vida, normalíssimo, as mulheres submetiam-se aos seus maridos, sem mas nem, porquês, submetiam-se às suas vontades, aos seus caprichos e às suas necessidades, submetiam-se a não ter personalidade, a não terem vontades, a não terem vida.

Com o passar dos anos, a mentalidade foi-se alterando, as conquistas ao longo do tempo foram sendo cada vez mais e maiores e assim a submissão destas mulheres aos seus “donos” foi-se dissolvendo.

No entanto, existem ainda mulheres com o pensamento atrasado, com a mentalidade antiga, com a educação retrograda, achando que não podem ser melhores que eles, que não conseguem ter uma vida sem se regerem pelas ordens dos mesmos.

Ainda hoje ouço mulheres a dizerem que não podem, não vão ou não conseguem fazer algo porque os seus maridos não deixam ou não querem que elas façam tal coisa. Ouço mulheres a dizerem que precisam de chegar cedo a casa porque ainda têm de fazer o jantar para o seu marido que quer jantar a horas certas, que têm de trabalhar a dobrar, pois as lides domésticas estão todas a seu cargo, têm de passar e arrumar toda a roupa do marido, têm de cozinhar os seus pratos favoritos, têm de favor o que estes pedem, neste caso, exigem. Porque estas mulheres acham que têm de favor tudo isto pelos homens, porque foram ensinadas a isso, porque as suas mães faziam o mesmo com os seus pais, porque já os seus avós fizeram e outros antes deles também.

É este o exemplo que não quero seguir, é o exemplo que vejo em algumas mulheres na nossa sociedade que não quero, de todo, apreciar de perto. É o exemplo que não quero transmitir às minhas filhas, às minhas sobrinhas, às filhas das minhas amigas. É o exemplo que não se deve ter como exemplo a seguir, é o exemplo do que deveremos extinguir da nossa sociedade, o exemplo da submissão.

Este é apenas um dos exemplos que a nossa sociedade ainda tem, apenas um dos exemplos que não devem continuar a existir.

Porque as mulheres não têm de ser submissas, porque elas têm vontades, têm deveres sim, mas também têm direitos, como qualquer cidadão. As mulheres têm de deixar de submeter-se e os homens têm de aprender a respeitar mais e dar mais valor às mulheres que com eles habitam este mundo, porque sem elas não existiria sociedade, porque sem elas seriam tão felizes e realizados.

Porque as mulheres têm um grande valor na humanidade, porque as mulheres devem e merecem ser mais bem tratadas, mais elogiadas, merecem que o seu valor seja reconhecido, merecem que o tempo em que eram inferiores seja apenas um vislumbre no passado.

Acima de tudo, a submissão, em qualquer caso é um exemplo a não seguir.

 

Observação: Nem todos concordarão com este texto, mas esta é apenas a minha opinião, de uma sociedade que não deixou o passado rígido e cruel para trás e que não dá às mulheres o seu devido e real valor.

 

Cudgi <3<

Booking.com

10 comentários

Fala-me...