Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

duasmulheresemeia

Esperança

 

 (Imagem retirada da internet)

 

A esperança de melhores dias me corrói a alma e devasta o meu coração.

A esperança de uma sociedade digna, sem preconceitos, sem estereótipos, onde cada um pode ser o sente que é.

A esperança numa só pessoa, para que aprenda, todos os dias, a ser um pouco melhor que no dia anterior.

A esperança no dia de amanhã, no sol que se abrirá radiante e que as nuvens sejam um enfeite secundário.

A esperança de crescer todos os dias, com diversas pessoas e vários acontecimentos.

A esperança de um mundo perfeito que só nas minhas mais profundas fantasias parece real.

Permanece em mim, todos os dias esperança. Esperança em mim, esperança no outro, esperança de poder fazer, esperança de que aconteça.

Vivo esperançosa numa vida digna, numa sociedade melhor.

Carrego a esperança de melhoria e a sensação de que a esperança não é a última a morrer, mas a única imortal.

 

Cudgi <3

Sonhos

significado-dos-sonhos.jpg

Sonho todos os dias, acordada ou a dormir, com o dia de amanhã, com a semana seguinte, com os projetos que quero realizar, com projetos que me parecem pouco prováveis de realizar.

Independentemente da hora ou local... Eu sonho! Sonho com o impossível e com o que sei que alcançarei. Sonho com o que quero e com o que penso que quero ter. Sonho com o que sei que é meu e com o que nunca terei.

Sonho e volto a sonhar, porque, o sonho comanda a vida. O sonho é o que me faz correr, o que me faz lutar pelo que quero alcançar, é o que me faz ir tão longe.

Os sonhos são o meu GPS na vida. É graças à esperança de os realizar que acordo todos os dias disposta a recolher mais um não, mais uma pedra, a enfrentar mais uma batalha. é graças a eles que acordo todos os dias com o pensamento "Estou um dia mais perto". Um dia mais perto de realizar mais um sonho, um dia mais perto de dizer "Consegui".

São os sonhos que guiam o meu dia, guiam a minha esperança. Os nãos que ouço transformam-se em combustível para continuar, continuar e continuar. As batalhas que sou obrigada a travar, dia após dia, dão-me força, fazem-me sentir mais forte. Porque é de força, teimosia, persistência, perseverança, é de sonhos que preciso para ser feliz.

E a seguir à realização de um, tenho muitos mais para realizar, para correr atrás, para me superar.

Tenho muitos sonhos para realizar, para viver, tenho muitos sonhos... Apenas para sonhar!

 home_2.jpg

Nono & Cudgi <3

 

Um mundo desigual, onde a igualdade deveria ser ordem

racismo.jpg

 

Encontro, em cada canto, em cada momento, em cada lugar, alguma desigualdade, por vezes, algo que já não faz sentido, outras vezes algo que até parece ridículo ainda existir, outras vezes algo que "não faz muita diferença" para grande parte das pessoas.

Vejo, no nosso país, uma desigualdade descomunal no que aos salários diz respeito, vejo as pessoas a receberem o salário mínimo (porque, felizmente, a lei não permite que menos recebam. Porque não seria admirável nem isso receberem se a tal não estivessem os patrões obrigados) e terem de trabalhar horas e horas a fio, muitas vezes sem receberem horas extra, porque a entidade patronal assim o exige e estas sujeitam-se porque "não posso ficar sem este emprego. Depois para onde vou?".

Vejo os jovens a sujeitarem-se às mais precárias condições de trabalho, porque "Preciso de começar a ganhar dinheiro, além disso, isto foi uma sorte, ninguém dá trabalho a quem não tem experiência", e caso pensem sequer em dizer que as condições não são nada adequadas ou compatíveis com o cargo, recebem uma grande resposta por parte de quem contrata "Isto é o que há. Está difícil para nós também, mas se não quer tenho muitos mais que querem. E se oferece-se menos também tinha quem quisesse" (infelizmente, têm razão).

Vejo as escolas com menos condições porque não têm crianças cujos pais têm uma grande condição financeira e como tal, parece que não precisam de ter as mesmas oportunidades que estes, parecem menos pessoas porque a conta bancária não atinge um número considerado aceitável para um serviço de qualidade.

Vejo as pessoas não terem os mesmos recursos, na saúde, na justiça, na educação, porque não têm dinheiro e "Um bom serviço, tem de ser pago". Um bom serviço deveria ser um direito de todos os cidadão, de todos os que contribuem para que o estado possa apresentar bons resultados, para que o estado consigo "governar" o nosso país.

Vejo as mulheres continuarem a ter menos direitos só porque "Isto já é assim há muito tempo, porque é que se vai estar agora a mudar?", porque os tempos mudam, porque as mulheres deveriam ter tanto poder como os homens, porque ninguém é mais ou menos do que ninguém.

Vejo a forma diferente como as pessoas de diferente género, de diferente orientação sexual são tratadas, só porque "Isto não é normal. Têm alguma doença. Precisam é de serem tratados". Quem precisa de ser tratado é o autor de tal comentário para com alguém que não se enquadra no que se diz "normal" na sociedade, a normalidade só assim é chamada porque a maioria das pessoas assim foi educada, porque não querem aceitar que não existe um "padrão normal"

Vejo a forma como as pessoas de diferente cor são mal tratadas, injuriadas, só porque "Esta gente não é daqui, veio para cá fazer o quê? Volta mais é para a tua terra". Nós também não nos concentramos apenas no nosso país, porque temos de tratar mal quem procurou melhores condições e veio ter ao nosso cantinho? Não somos o único povo no mundo, não somos a única cor, não somos os "normais", porque existe diferença, mas não deveria existir preconceito.

Vejo a desigualdade espalhada por todo o país, por todo mundo, vejo as crianças a crescerem com o estigma de que a desigualdade é uma constante e não vejo a educação destas crianças a ensinar o contrário. A desigualdade existe, mas não deveríamos ser nós a lutar para que acabasse? Afinal não deveríamos ser todos iguais? Não deveríamos procurar pela igualdade em vez de dar cada vez mais poder à desigualdade?

Mas a questão que muitas vezes colocamos, vale a pena lutar? Vale a pena ir contra algo que já tão enraizado está neste mundo?

Para mim, a resposta é apenas uma, que resume várias: Desistir é que não vale mesmo de nada! De nada serve e de nada nos adianta.

5-ESTR~1.JPG

 

 

Cudgi  <3

Sorri!!!

 

"Sorri" é o titulo da nova musica do :D8. Criada para todas as crianças que são guerreiras que todos dos dias lutam contra um cancro! Uma música que pode muito bem tornar-se um hino à Esperança, Confiança e ao Sorriso de todas as crianças.

 

 

Nono <3

 

Operação Nariz Vermelho

Hoje lembrei de um homem ou melhor, de uma mítica personagem que mudou de uma forma drástica a minha maneira de pensar sobre a vida e sobre o mundo, estou a falar do Doutor P.P.P Pipoca! Ainda não chegaram lá?! É um Doutor Palhaço e também fundador da Operação Nariz Vermelho de seu nome Dr. Pedro Pateta Pirata Pipoca com uma pronúncia a arranhar no Inglês que nós tanto achamos piada.

 

Posso dizer que tive o privilégio de ouvir as suas palavras num congresso a que fui há uns anos atras e ele tocou-me o coração (a mim e a toda a plateia daquele auditório) com as histórias que ia contando. Histórias de vidas reais, de pais e filhos onde a palavra “doença” decide invadir e persistir nas suas vidas e para além das dificuldades a sensação de impotência torna-se gigante e a tristeza apoderam-se de uma forma inevitável das famílias.

 

A par de todas as tecnologias mais avançadas do mundo as medicinas tentam acima de tudo salvar estas vidas, mas salvar só não chega e por isso estes doutores e enfermeiros palhaços procuram dar qualidade de vida às nossas crianças.

 

Posso afirmar que durante aquele manhã em que ouvi o Doutor Mark Mekelburg (Dr. Palhaço P.P.P Pipoca) a falar sobre o trabalho da Operação Nariz Vermelho e particularmente do seu trabalho senti emoção em cada história e em cada caso que falava.

 

Claro que como Dr. Palhaço que é tinha de abrir a sua palestra com uma brincadeira, e foi engraçado poder olhar para o lado e ver pessoas num registo de formato formal, com uma postura muito correta, sem esboçar um sorriso. E logo após a primeira interação deste senhor connosco foi fantástico ver a plateia em constante interação e completamente vidrados a absorver cada palavrinha do doutor.

 

Posso ainda dizer que senti dedicação em cada palavra ao descrever a sua relação com as crianças e a “rotina” dentro dos hospitais, gostei igualmente da beleza que ele colocava em cada palavra para falar das “suas” crianças. Mas acima de tudo o amor que ele tinha pelo seu trabalho, pela sua missão, pelas crianças com que lidava diariamente fez-me ver o mundo e a minha profissão com outros olhos. E se no início este doutor tentou por todo o auditório a rir, no final terminou com uma história de vida belíssima, inimaginável que comoveu todo o auditório e que infelizmente o menino em questão já não está hoje entre nós.

 

Diapositivo1.JPG

 (Imagens do site Operação Nariz Vermelho)

 

O meu respeito é enorme pela Operação Nariz Vermelho confesso que tenho o sonho de um dia poder ser uma das profissionais desta fundação, mas por enquanto sinto-me útil em apenas contribuir.

 

São imensas as formas que podemos ajudar desde o voluntariado, aos donativos, até mesmo ser sócio e melhor ainda adquirir objetos simbólicos de forma a ajudar esta missão.

 

Ficam as diversas formas de ajudar, porque as nossas crianças merecem estes profissionais ao lado deles!

 

Lojinha da Operação Nariz Vermelho: http://www.narizvermelho.pt/epages/1290-080722.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/1290-080722/Categories/Lojinha

 

Torne-se Sócio: http://www.narizvermelho.pt/epages/1290-080722.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/1290-080722/Categories/Ajude/Particulares/Tornese_socio

 

Seja Voluntário: http://www.narizvermelho.pt/epages/1290-080722.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/1290-080722/Categories/Ajude/Particulares/Seja_voluntario

 

Fça um Donativo: http://www.narizvermelho.pt/epages/1290-080722.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/1290-080722/Categories/Ajude/Particulares/Contribua_atraves_do_MB

 

Organize um Evento para ajudar: http://www.narizvermelho.pt/epages/1290-080722.sf/pt_PT/?ObjectPath=/Shops/1290-080722/Categories/Ajude/Particulares/Organize_um_evento_ou_Campanha_de_angariacao_de_fundos

 

 

Duda*