Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

duasmulheresemeia

Eternidade inexistente

unnamed-1-706x471.png

 

Nada é eterno!

Por muito que gostemos do que connosco se passa em determinado momento.

Por muito que queiramos que o momento não chegue ao fim, ele vai acabar por terminar.

Nada do que vivemos, nada do que sofremos, nada do que nos acontece durará eternamente.

Nenhuma tristeza é para sempre e nenhuma felicidade é eterna.

Quando algo nos magoa queremos que aquilo rapidamente termine, queremos rapidamente voltar a sorrir, a rir a ter momentos de felicidade. Quando algo nos faz feliz, nos faz rir, nos leva às lágrimas de felicidade que queremos que nunca termine, queremos permanecer envoltos naquela bolha de felicidade que nos rodeou e não queremos experimentar mais nenhuma tristeza, mas vai acabar por acontecer.

A tristeza vai acabar, e a felicidade vai desaparecer ou então dar lugar a outra, mas diferente. Porque nada do que connosco acontece permanece eternamente, nada fica connosco até que a nossa consciência seja eternamente silenciada, nada do que temos durará para sempre.

O para sempre terá de ser feito naquele momento, naquele dia, hora, minuto ou até segundo. A eternidade daquele momento é quando este está a acontecer, +é quando o sentimos, quando o presenciamos, quando o vivemos. A eternidade de algo não está no tempo que dura fisicamente mas no tempo em que fazemos com que se prolongue dentro de nós.

A inexistência de uma eternidade, de sabermos que algo vai permanecer ali eternamente, faz-nos refletir, faz-nos pensar que não queremos viver muita felicidade, seja em que momento for, pois quando terminar a dor vai ser enorme, quase insuportável. Mas também nos faz enfrentar a dor com um pouco mais de positividade, porque sabemos que não vai eterna, não vai durar para sempre, faz com que nos tornemos mais fortes, que não nos deixe terminar assim, porque, na realidade, nada é eterno.

A eternidade vive em cada um de nós, tendo o significado que cada um lhe quer dar, porque algo só será eterno se, interiormente, EU decidir que o é.

infinito.png

 Cudgi & Nono <3

 

 

 

 

Booking.com

8 comentários

Fala-me...