Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

duasmulheresemeia

A tua metade neste mundo...


 

A maioria das pessoas já ouviu alguma destas expressões “para cada tacho existe um testo” ou “para cada pé existe um chinelo” na sua vida.

Parece que todos nós temos alguém no mundo que é a nossa "cara metade". Agora expliquem-me lá como num mundo com biliões de pessoas vamos conseguir cruzar com a nossa cara metade? Mais, como é que cruzamos, começamos a falar e então aí percebemos que é a nossa cara metade? Pois bem não sei, talvez o destino?!

Não acredito muito que exista no mundo alguém que seja a nossa "metade da laranja" (ou da maçã, ou qualquer que seja a fruta que mais vos aprás).

Li há uns tempos uma noticia que mencionava que 86% das pessoas conhece a sua cara metade antes dos 18 anos. Mas só mais tarde é que percebe que era a "pessoa ideal". Ora bem, eu já passei dos 18, tenho 86% de possibilidade de já me ter cruzado com a minha cara metade? Então miúdo, que andas tu a fazer? Não precisas de um cavalo branco, podes mesmo vir a pé, eu não me importo (ou então num belo porshe. Porque o amor e uma cabana é muito bonito, mas só para passar férias).

Mas afinal o que é a nossa cara metade? É aquela pessoa que nos sentimos que é a tal! (não me perguntem como, ainda não a encontrei!Ainda estou à espera que aconteça como nos filmes, em que os olhares se encontram e borboletas fazem um espetáculo de dança na barriga, faíscas iluminam os céus e corações começam a rodar sobre as nossas cabeças. Ou então alguém que me segure no segundo antes de cair no chão, depois de nos termos esbarrado e o mundo pára. Entretanto acordo, antes de conseguir falar com ele)

A tal ou o tal é aquela pessoa que trás ao de cima o melhor que podes ser. É a pessoa que te faz sentir especial e única. Aquela pessoa que acredita em ti, apoia-te, ampara-te, luta ao teu lado, ensina e aprende. É alguém com quem podes ser tu, que te dá liberdade e asas para seguires para onde quiseres e mesmo assim tu queres ficar junto dela. A tal soma à tua vida, é sempre mais e melhor. Juntos aprendem a perdoar, desculpar e a tirar partido das discussões. Juntos superam tudo, juntos são mais. A tal pessoa, a tal alma gémea existe… mas é preciso aprender a respeitar, olhar, valorizar e amar.

Não precisamos de viver e objetivar toda a nossa existência para o encontro com a "nossa metade", porque antes de encontrar-mos alguém que nos complete e acrescente à nossa vida algo de bom ou maravilhoso, temos de nos amar a nós próprios, temos de viver satisfeitos com o que temos, com o que conseguimos até ali, com o que conquistamos e vamos sempre conquistando.

 

Porque alguém que nos complete, é ótimo, mas o amor próprio é muito mais.

 

metade-da-laranja.jpg

 

Cudgi & Nono <3 

Booking.com

12 comentários

Fala-me...